top of page
Search

Bursites


De vez em quando recebo pacientes com essa queixa e elas ocorrem em diversos locais. As mais frequentes sãs as do ombro e do trocânter do fêmur, na coxa.

Uma bursa é uma bolsinha com água que serve para amortecer o atrito no local. Ela ajuda a proteger os músculos contra o atrito entre outros músculos ou sobre os ossos. Por isso elas ficam estrategicamente posicionadas nesses locais (próximas a articulações) e dão um trabalho quando inflamam... Mas como se trata uma bolsa com água?


Notem que elas estão ali para proteger as regiões adjacentes, absorvendo o impacto e a fricção entre os músculos e outros tecidos corporais e não devem ser a causa de dores, mas sim evitar desconfortos locais. Quando elas inflamam, se deve ir a causa do problema, (a tensão muscular) e não em sua manifestação (a bursite). Essa tensão muscular instaurada pode ocorrer pelo uso excessivo em uma atividade laboral, de lazer ou na própria tentativa de equilíbrio corporal. Geralmente os músculos estão encurtados, tensos e essas áreas frequentemente são sensíveis ao toque.

O quiropraxista atua corrigindo essa condição onde ela se inicia. Além de restaurar a fluidez articular com os procedimentos quiropráticos, o cuidado com os músculos e a escolha de técnicas específicas para este fim podem liberar a tensão e a dor e aí a bursite se resolve por si só. Também é importante que o paciente siga as recomendações passadas, como realizar os alongamentos sugeridos pelo quiropraxista ou modificar a forma como realiza a atividade que desencadeou toda essa condição. Dessa forma a bursite se resolve e com a manutenção dos cuidados quiropráticos e do empenho do paciente em se manter bem, essa condição dolorosa pode ser afastada por muito tempo.

Comments


bottom of page